sexta-feira, 30 de julho de 2021

Padre Bruno Costa é empossado como novo Pároco da Paróquia de Parari e Santo André, na região do Cariri

A Paróquia São José, em Parari e a Área Pastoral do sagrado Coração de Jesus e Santo André, Santo André, no Cariri paraibano, acolhe o seu novo Pároco, Pe. Bruno Costa de Medeiros, que foi empossado pelo Bispo Diocesano Dom Dulcênio Fontes de Matos, em solene celebração realizada no final da tarde desta sexta-feira, 30, na Igreja Matriz de Parari. Padres Diáconos, seminaristas, paroquianos e autoridades locais e regionais prestigiaram o importante momento, que foi transmitido pelas redes sociais.

O Bispo também apresentou à comunidade o Diácono Permanente Antônio Tributino, com o uso das ordens na Área Pastoral do sagrado Coração de Jesus e Santo André, município de Santo André.

Uma comitiva da cidade de Cuité, no Curimataú paraibano, participou da solenidade de Posse  Canônica do padre Bruno Costa, ex-vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Mercês.




Portal da Serra de Cuité

Fotos: Pascom 

IMAGEM NEGATIVA: com 60%, Bolsonaro é o presidenciável mais rejeitado para 2022, aponta pesquisa


POLÊMICA PARAÍBA: O presidente Jair Bolsonaro despontou, em pesquisa realizada pelo Instituto Atlas, como o candidato mais rejeitado para as eleições presidenciais de 2022. É o único candidato que ultrapassou a marca dos 60% de imagem negativa. Entre seus adversários políticos, Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) registraram queda no índice. As informações são do portal El País Brasil.

Após as suspeitas de corrupção na compra de vacinas contra o novo coronavírus, reveladas através da CPI da Covid, e a questionável gestão durante a pandemia, o desgate de Bolsonaro foi relfetido em pesquisa. Entre os possíveis presidenciáveis para 2022, Bolsonaro lidera o ranking de rejeição com 62% de desaprovação.

Já seu principal adversário, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) registrou queda em sua rejeição, que era de 60% e passou para 54%. Outro possível candidato da sigla petista, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), é rejeitado por 52% da população.

Ainda no campo da esquerda, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), diminuiu a sua rejeição com o eleitorado. Em novembro do ano passado, sua imagem era negativa para 60% dos entrevistados, mas hoje aparece com 50%.

Polêmica Paraíba

ENQUETE POLÊMICA PARAÍBA: Ricardo lidera preferência para o Senado; Efraim aparece em segundo; confira números


O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) aparece em primeiro lugar na enquete realizada pelo Polêmica Paraíba com os pré-candidatos ao Senado para 2022. O levantamento, que foi iniciado na última semana, tem como objetivo aferir a preferência dos internautas pelos nomes que são cotados para a disputa do ano que vem.

De acordo com o resultado da votação, encerrada nesta quinta-feira (29), Ricardo Coutinho, obteve 1.907 intenções de voto, o que corresponde a 39,98% da votação. No total, a enquete contabilizou 4.440 participações.


Em segundo lugar, com 25,37% da votação, surge o deputado federal Efraim Filho (DEM). Ele obteve 1.210 intenções de voto dos internautas.  O ex-senador e ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi o terceiro mais votado, com 864 votos e 18,11% da participação dos internautas.

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), também cotado para a disputa, contou com 492 apoios dos internautas, e 10,31% da votação total. Os internautas que não pretendem votar em nenhum dos candidatos somaram, juntos, 222 participações, o que corresponde a 4,65% do resultado total.

Por último, o assessor especial do Banco do Nordeste, Bruno Roberto, filho do deputado federal Wellington Roberto (PL), teve 75 intenções de voto, o que equivale a 1,57% do total de internautas que participaram da votação.

A enquete

A pergunta feita aos internautas foi: se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para o Senado? Até aqui, são cinco opções mencionadas no meio político. Houve também a possibilidade de não votar em nenhum, no caso, votos brancos ou nulos.

Vale lembrar que a enquete não tem valor cientifico, apenas serve como termômetro de opinião pública e também não pode ser divulgada como pesquisa eleitoral. Nas eleições do próximo ano, os paraibanos vão renovar uma das cadeiras que representam a Paraíba no Senado.

Confira o resultado:

CandidatosVotesVotes %Rank
Aguinaldo Ribeiro (PP)49210.31%4
Bruno Roberto (PL)751.57%6
Cássio Cunha Lima (PSDB)86418.11%3
Efraim Filho (DEM)121025.37%2
Ricardo Coutinho (PSB)190739.98%1
Nenhum2224.65%5
Polêmica Paraíba

Fagner deixa escapar que Roberto Carlos perseguiu artistas de sucesso



IG / Fábia Oliveira: O músico Michael Sullivan e o cantor Fagner foram convidados do podcast ‘Corredor 5’, no Youtube. No bate papo, os dois comentaram sobre o sucesso do cantor Ritchie, ‘Menina Veneno’, que explodiu na década de 80. Sullivan contou que o artista foi rejeitado pela gravadora Odeon e, poucas semanas depois, estourou em todo o país com a faixa.

“O Ritchie, quem levou pra Odeon foi o Mayrton Bahia. Mostrou em todas as salas ‘Menina Veneno’ e ninguém quis. Eu ouvi ‘Menina Veneno’, mas não dava muita opinião, na época. Eu só falei assim: ‘vocês enlouqueceram. Não vão ficar com o Ritchie, com essa pessoa que o Mayrton trouxe?’ Disseram: ‘ah não, o pessoal não gostou’… Todo mundo ouviu. Tinham quatro ou cinco diretores artísticos ali e todos ouviram. Eu tava lá. Um mês depois era primeiro lugar no Brasil inteiro”, conta.

Sobre as especulações de que Roberto Carlos supostamente teria se incomodado com o sucesso de Ritchie e teria pedido para ‘abafar’ o trabalho do artista, ele garante que a história é mentira. “Roberto não se preocupa com nada, porque ele sabe que é grande. Isso tudo é folclore. As pessoas acham que o Roberto é sucesso porque ele tem inveja das pessoas… O Roberto é sucesso porque ele tem um talento absurdo”, diz o músico.

Enquanto isso, Fagner deixa o estúdio de fininho para fumar e dispara sobre Roberto Carlos: “Tô indo fumar porque tá rolando muita mentira. Roberto não persegue? Tá brincando?”, disse o cantor já do lado de fora da sala.


Mas Sullivan defendeu o Rei em seguida. “Eu conheço o Roberto de perto, de quando eu cheguei em 1970 e gravei com ele ‘Amada Amante’, que foi quando eu conheci mesmo o Roberto a fundo. Ele gravou quatro ou cinco músicas minhas. E o Roberto ele se preocupa com ele dia e noite. Pode ser que ele tenha reclamado de alguém, que tá divulgando muito o fulano e não divulga o dele. Igual o Fagner falou: ‘Tô saindo porque tu só pensa no fulano e esquece de mim’. Então qualquer artista tem isso. Agora, de puxar tapete eu não acredito jamais isso do Roberto. O Roberto é um cara que se preocupa com tudo que está acontecendo em volta dele. A música pra ele é tudo. O Roberto vive a música dia e noite. Então surgiu alguém novo, ele fica ligado. Mas é normal”, afirma Michael Sullivan.

Paraíba recebe mais de 130 mil doses de vacinas contra a covid-19 neste sábado (31)

WSCOM: A Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) confirmou nesta sexta-feira (30) a chegada de mais 132.140 mil doses de vacinas contra a Covid-19, na tarde deste sábado (31), no Aeroporto Castro Pinto, localizado na região metropolitana de João Pessoa.

A remessa contempla dois lotes de diferentes vacinas, sendo 72.540 doses da Pfizer, que será utilizada para a aplicação da primeira dose do público geral, com previsão de chegada às 15h, e 59.600 da Butantan, destinada a primeira e segunda dose, com previsão de chegada às 16h35 em solo paraibano.

De acordo com as informações da SES-PB, a distribuição dos imunizantes para os 223 municípios paraibanos será realizada a partir das 7h do domingo, 1º de agosto, por meio terrestre e aéreo.

Segundo último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, até esta sexta-feira (30), mais de 1,7 milhão de pessoas já foram imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e mais de 635 mil com a segunda dose. Além disso, 58.878 pessoas foram imunizadas com a dose única da Janssen.

Charles Camaraense entrega pavimentação no Basílio Fonsêca e anuncia emenda parlamentar para construção de um novo matadouro


O prefeito Charles Camaraense, entregou mais uma obra de pavimentação, desta vez na Rua Belízio Ferreira de Melo, no Bairro Basílio Fonsêca. A entrega da obra aconteceu na noite desta quinta-feira, 29 de julho, mais uma obra concluída com recursos próprios.

Participaram da solenidade o vice-prefeito Renan Furtado, vereadores Dagmando Lopes, Ivanzinho de Joventino e Maurílio Macedo, além de secretários e colaboradores do Governo Municipal.

A professora Fátima Santos fez o discurso de agradecimento, representando os moradores.

Durante sua fala, o prefeito Charles Camaraense anunciou a confirmação de uma emenda do deputado federal Aguinaldo Ribeiro para construção de um novo matadouro, além de mais recursos para pavimentações no município, confirmados pelo governador João Azevedo. 




Portal da Serra

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Lula venceria Bolsonaro no segundo turno com quase 20 pontos de diferença, aponta pesquisa de investidores

 O ex-presidente também derrotaria todos os outros eventuais candidatos no segundo turno: Ciro Gomes, Eduardo Leite e João Doria

247 - Pesquisa da Futura Inteligência encomendada pelo banco de investimentos Modalmais e divulgada nesta quarta-feira (28) confirma o favoritismo do ex-presidente Lula para a campanha eleitoral de 2022.

De acordo com o levantamento, em um eventual segundo turno entre Lula e Jair Bolsonaro, o petista receberia 51,3% dos votos, contra 32,9% de Bolsonaro. 2,4% disseram não saber ou não responderam e 13,4% disseram que votariam em branco ou nulo.

pesquisa

O favoritismo de Lula também se confirma contra outros eventuais candidatos no segundo turno. Contra Ciro Gomes (PDT), o petista teria 45,5% dos votos contra 25,4% do ex-ministro. Contra Eduardo Leite (PSDB), Lula teria 49,9% contra 17,8% do tucano. Contra João Doria (PSDB), o petista levaria 50,3%, enquanto o governador de São Paulo teria 16,8%.

Ainda de acordo com a pesquisa, Ciro Gomes também venceria Bolsonaro no segundo turno. O pedetista teria teria 46,6% dos votos, contra 33,1% de Bolsonaro.

A pesquisa entrevistou 2.006 pessoas em todo o país entre os 23 e 26 de julho e a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Brasil 247